quinta-feira, 18 de julho de 2013

Um Município “Ocupado”, por António Ferreira

Ao longo destes últimos oito anos, sob a bandeira da mudança, este município foi sendo “ocupado”.
Apesar da débil situação financeira encontrada, isso não impediu o seu responsável de adquirir uma viatura para seu uso exclusivo e de afectar um condutor. Apesar das debilidades financeiras anunciadas, ao longo de quase oito anos, este funcionário, não prescindiu da mordomia de diariamente se fazer deslocar em viatura com condutor cedidos pela autarquia, efectuando duas viagens de ida e volta Marco de Canaveses/Porto. 
Quanto custou ao erário público esta mordomia?
Apesar da débil situação financeira, não se inibiu de apresentar, em 14/04/2010, a Declaração de Nulidade da Deliberação Camarária de, 15 de Março de 2004. Hoje os Marcoenses podem pagar um pouco menos pelo serviço de agua e saneamento, mas não há mais um cidadão a beneficiar deste serviço e paira sobre todos, mesmo os que não usufruem dele, a ameaça de uma penalização no valor de 17 milhões de euros decorrente da decisão tomada. 
Que investimento ficou por realizar decorrente desta tomada de decisão?  
Apesar de se afirmar Marcoense, rodeou-se de pessoas, sem questionar a suas competências, “estranhas” ao Marco. 
Pergunto será o Marco tão desprovido de quadros?
Ao longo de anos foi anunciando obras umas, aparentemente, que não eram da autarquia, Casa de Quintã, Projecto Douro-Carrapatêlo, anunciou outras que rapidamente esqueceu, Centro Escolar de Fornos, Centro Escolar de Soalhães e, anunciou outras como o Centro Cultural Casa dos Arcos e a Criação da Casa do Agricultor cujo “rasto” se desconhece.
Com a exceção de alguns metros de pavimentos realizados nos últimos dias, todos os passeios da cidade, que há oito anos ficaram por acabar, mantém-se no mesmo estado. 
Como compreender esta requalificação Urbana quando na mesma cidade a meia dúzia de metros há ruas onde os peões não têm passeios?
Brindou-nos com muitos discursos, muitas festinhas, esteve presente na maioria das procissões, colocou mastros nas entradas da cidade mas, deste mandato destaco como obra “emblemática” a renomeação do estádio dito, Municipal.

19 comentários:

  1. caro amigo e triste so em tempo de eleicoes e que faz estes tristes comentarios sobre o motorista do DR Manuel Moreira pois o sr nao deve viver no marco porque sempre que o DR Manuel Moreira se apresemta a eleiçoes e sempre com motorista por isso deve e fazer agora que estamos perto das eleiçoes e dizer a popolaçao serto e que eles nao andam a dormir como o sr porque so se lembra em tempo das eleiçoes ou entao nao vive no marco .ADAO.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro ADAO,
      No meu comentário o condutor do Presidente da Câmara nunca esteve em causa. Posso acrescentar que tenho um bom relacionamento com o mesmo, um cidadão por quem tenho estima.
      Além de ter nascido neste concelho, onde fiz parte do meu percurso escolar e resido há mais de 20 anos.

      Eliminar
    2. Tristes comentários???
      Uns tristes são voces, que se dizem socialistas e andam a lamber as botas ao Doutor Manel ..
      Ele apresenta-se a eleições com motorista??? ele também faz parte da lista..?
      vejam lá se ele tira o lugar ao vales!!!!!
      ó Sr Adão, não nos quer elucidar aqui com as obras da sua junta, ou da cãmara, na sua freguesia? para todos saber-mos quais foram as mudanças boas que o Doutor que o senhor tanto defende fez?

      Eliminar
  2. As verdades têm que ser ditas, porque, a verdade é a alma da democracia. Este executivo esteve os últimos oito anos afastado da realidade do concelho e inassecível à resolução dos problemas das populações.
    Não olhou, nem sequer houve uma palavra de conforto para os 5000 desempregados do concelho.
    Penalizou seriamente o mercado local, aplicando taxas elevadíssimas pela publicidade, levando alguns comerciantes a disfarçar a publicidade e outros a retirá-la.
    O Manuel Moreira terá dito na campanha de 2005 que iria fixar residência no Marco, mas depressa se esqueceu do que disse e continuou com as suas viagens diárias Porto-Marco e Marco-Porto.
    Já pensaram que Manuel Moreira terá custado aos Marcoenses nestes 8 anos uma importância que daria para construir um lar que albergaria quase todos os idosos do concelho.
    Manuel Moreira diz que é do Marco, então que diga onde é que ele paga os seus impostos.

    ResponderEliminar
  3. Manuel Moreira + vaidade + festas = pobreza + desilusão.

    ResponderEliminar
  4. Caro António Ferreira faço minhas as palavras que enunciou.

    Sou jovem e sinto-me triste ao ver que o nosso Marco cada dia que passa se torna menos atrativo para viver.
    O homem que governa o município e por consequência todos os marcoenses, andou 8 anos a desculpar a falta de realização de trabalho no concelho através da dívida existente na câmara, contudo não deixou de quase duplicar essa mesma dívida.
    Sim, é verdade caros marcoenses o senhor Manuel Moreira conseguiu em 8 anos duplicar a dívida da nossa câmara e o trabalho desenvolvido foi nulo, salvo raras excepções como os enferrujados candeeiros que custaram tanto, que eles nem sequer o dizem em assembleia (mas nós sabemos!), ou as bandeiras que muito orgulho e trabalho oferecem a todos nós, ou então a calçada romana que foi paga com dinheiro da comunidade europeia e todos os contribuintes a irão pagar!


    Resultados:
    Continuamos sem saneamento básico;
    Continuamos sem apoios sociais decentes a idosos, desempregados, jovens;
    Continuamos sem acesso à A4;
    Continuamos a não ser um concelho atrativo para industrias exteriores;
    Temos taxas elevadíssimas de públicidade no comércio;
    Não temos canil, nem abrigo municipal;
    Temos as estradas que nos deixou o senhor Torres, mas todas deterioradas, pois o MM apenas as pintou há 4 anos atrás (talvez ainda as pinte nesta campanha).
    Somos um dos concelhos mais pobres de Portugal;


    Mas Como tristezas não pagam dívidas...Vamos a mais uma festinha!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. subscrevo as suas sábias palavras

      Eliminar
  5. Declaradamente MM não terá o meu voto! É que o sr. não fez nada por merecer!

    ResponderEliminar
  6. Faltam as referencias à divida monstruosa herdada, aos 350.000€ que a câmara tem que pagar por mês para abater essa mesma divida! E sim, eu tambem nao concordo que o mesmo tenha motorista! Melhor, exceptuando o primeiro ministro e o presidente da república, nenhum politico ou funcionário publico deveria ter direito a motorista!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sim, o Manuel herdou uma dívida, mas em oito anos já a duplicou e nada foi feito!

      Eliminar
  7. Este manel moreira é mais um chulo que nos calhou na rifa e quem o defende é da mesma panela. já chega de elitismo e sinismo, venha alguém que perceba o povo marcoense e que trabalhe no duro.

    ResponderEliminar
  8. Caríssimos conterrâneos, é com pesar que escrevo estas palavras. Infelizmente, vejo a terra que que me viu nascer cada vez mais afastada do desenvolvimento e sucesso que merece. Concordo com tudo o que está escrito, mas verdade é que em setembro os marcuenses vão às urnas, e o que vai mudar? Nada, rigorosamente nada. Tudo continuará igual, o mesmo presidente, as mesmas vias de comunicação em péssimo estado, rede de água e saneamento quase nula, um monumento que ninguém sabe o que representa no bairro dos morteirados, meia dúzia de postes ferrugentos (mas com grande capacidade de iluminação), no centro da cidade, para iluminar a sede de campanha do PSD e claro, também continuarão os mesmos "tacho".
    O que me impressiona mais nesta história toda, é que cerca de 14.000 marcuenses acham isto normal e permitem que isto aconteça.

    ResponderEliminar
  9. Quem é marcoense e vive em Marco de Canaveses, sabe que o Presidente Manuel Moreira só tem vaidade e K 7 repetitiva.
    Há uma coisa que ainda não percebi e gostava que alguém explicasse se souber, porque razão o Presidente Manuel Moreira quando vai nos cortejos fúnebres em vez de caminhar em silêncio, como as pessoas normais, em respeito pelo defunto e sua família, passa o tempo, durante o percurso a falar e gesticular para as outras pessoas, como se de uma festa se trate. Só lhe falta levar mesmo uma bandeira laranja às costas. Esta atitude além de reprovável é completamente ridícula. A um Presidente da Câmara é exigível um comportamento diferente e enquadrado nos hábitos e costumes das pessoas de bem. Até parece que para ele só existem festas. E a dor e sofrimento dos outros não conta para nada?

    ResponderEliminar
  10. Caro anónimo do dia 22julho às 14:47 penso que posso explicar a sua dúvida...o sujeito laranja vai nos cortejos fúnebres a gesticular e a falar com os demais, pois ele só não tem respeito pelos marcuenses...de nós apenas lhe interessa o voto nas urnas.
    Não sei se já reparou, mas o sujeito laranja de óculos cumprimenta as pessoas mais do que uma vez no mesmo momento, ou seja, ele nem presta atenção a quem está a cumprimentar. Cumprimeta por cumprimentar, pois alguém lhe disse que dava votos!

    ResponderEliminar
  11. Concordo plenamente com o João Tavares, o Manuel Moreira aqui à tempos foi a um magusto onde eu estava presente e cumprimentou-me de aperto de mão três vezes e já vinha para a quarta, mas eu abri-lhe os olhos...canalhita não conhece ninguém e nem tem memória fotográfica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso também já aconteceu comigo ao fim da tarde. Mas a culpa não é dele é de algo que o leva a esse ponto.

      Eliminar
    2. E no passeio dos clássicos em Montedeiras?? Ele dirigiu-se a um sujeito que participava no passeio, por sinal não marcoense, como "caro marcoense como está?", mas aquele senhor não foi em modas e desandou-o na mesma hora, BEM HAJA!

      Eliminar
  12. Ora, cá estão obras!!! Será que foi a câmara que pagou estes 4 calcetamentos.. devem ter sido com estes calcetamentos, que o Manuel Moreira comprou a Junta..que vai independente, mas que o PSD apoia ... fico parvo como há gente sem coluna verterbral,e a vender-se por um subsidio..
    Com jeitinho também lá vai a confraria do anho assado..desde que os vi no lançamento da 1ª pedra da obra da CERCIMARCO em Alpendorada, com a Confraria do Granito.. tudo é possivel com este presidente de cãmara ... valha-nos !!!!!!


    O Presidente da Câmara Municipal do Marco de Canaveses, Manuel Moreira, e a Presidente da Junta de Freguesia de Manhuncelos, Jacinta Pinto, convidam a população para estar presente na inauguração das obras de beneficiação da rede viária da freguesia, que decorrerá no próximo sábado, dia 27 de Julho de 2013, a partir das 14h30, com início na Rua da Igreja, seguida das próximas artérias:

    •Rua do Calvário;
    •Rua Principal de Gondoufe;
    •Travessa do Castilho;
    •Rua de Manhuncelos.

    ResponderEliminar
  13. Logo que vi a beata da junta de manhuncelos, nunca me enganei...essa moça não tem personalidade nenhuma e rapidamente se venderia por 5 ou 10 euritos.
    Deixe lá senhor Torres gente sem cérebro não faz falta nas suas listas.

    ResponderEliminar