segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

O documento dos 120

O MCN apurou que, em 3 dias, juntaram-se 120 militantes socialistas do Marco de Canaveses, num documento em que exigem a realização de eleições directas para apurar o candidato à Câmara por este partido nas eleições autárquicas de 2013. Os promotores da iniciativa dizem que o número está a aumentar e restringe-se para já 120 nomes, já enviados para a Federação Distrital do Porto e para o Presidente da Concelhia, porque "o tempo foi curto e o movimento está a crescer".

O PS, pela sua história, força, coerência e provas dadas, tem a obrigação de ser a alternativa para 2013. Sabemos que alguns socialistas não acreditam que seja possível a mudança e, por via disso, já não apostam no presente.
A designação do candidato do PS à Presidência da Câmara Municipal do Marco de Canaveses não está a ser mobilizadora dos militantes. Afinal, quando o candidato proposto pelos militantes apresentou a sua candidatura, desejava-se e esperava-se, que quem mais pretendesse ser candidato, reunisse também os seus apoios, apresentando-se a diretas, tal como previsto nos estatutos.
Essa seria a solução mais benéfica, pois iria transferir a decisão da designação do candidato para fora das “paredes” do partido, dando a voz aos militantes que são a verdadeira força do PS.
Os militantes que subscrevem este manifesto desejam envolver-se ativamente na campanha eleitoral, mas para isso, o Partido Socialista não pode ter medo de ouvir as bases, dando-lhes a voz e o poder de decidir quem representa o Partido Socialista no combate eleitoral que se aproxima.
Manifestam, por isso, total apoio ao candidato que vier a ser designado pelos militantes em eleições diretas, pois só assim se respeitam os Marcoenses e os socialistas do Marco.

Subscrevem o documento 120 militantes socialistas.

17 comentários:

  1. Quem é esse lino ? é do Marco?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Consulte o seu curriculo e ficará ilucidado.É facil.E deve escrever Lino e não lino, pois até o acordo ortográfico, não sofreu alteração!

      Eliminar
  2. Pode facilmente consultar o curriculo deste senhor Professor e ficará esclarecido.É fácil.

    ResponderEliminar
  3. Acho que foi ontem apresentado no auditório municipal, embora nem todos os militantes tenham sido convidados, para tal acontecimento. Mais uma falha da presidência da concelhia. O homem até pode ser uma nódoa, mas como tem um currículo recheado, ui que ele já é um máximo. Pela primeira vez, não vou votar PS.

    ResponderEliminar
  4. Excelente currículo tinha o SENHOR PROFESSOR DOUTOR OLIVEIRA SALAZAR e mesmo assim muitos portugueses não gostavam dele.

    ResponderEliminar
  5. Isso dos currículos...
    Atentem no do Relvas e do Franklin Alves....
    Valem o que valem...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por falar em curriculos.... É Franquelim!!

      Eliminar
  6. Não descortino na minha memória nenhum caso de falsos diplomados na Universidade do Porto.

    ResponderEliminar
  7. Com a casa arrumada, estou, como diz o povo, que nem aço! LOL

    ResponderEliminar
  8. Pelo que me apercebo, o processo de designação do candidato para representar o PS nas próximas eleições autárquicas, foi tudo menos claro. Em 2009 votei pela 1ª PS. Não creio que sinta vontade de repetir o acto.

    ResponderEliminar
  9. O MCN pede para quem tem algo a dizer que se identifique. Mandar comentários anónimos sem se identificar é natural que não seja publicado. Haja coragem!

    ResponderEliminar
  10. Mais informamos que sempre que é publicado um comentário anónimo, a identidade do(s) autor(es) é conhecida da administração do blog, como ficou subentendido no comentário anterior.

    ResponderEliminar
  11. com tudo isto perdi a vontade de votar no PS. VIVA o ARTUR

    ResponderEliminar
  12. Só não vê quem não quer ver! Artur Melo teve uma derrota abismal nas Autárquicas de 2009, coleccionou derrotas atrás de derrotas nas várias Comissões Políticas, sujeita-se duas vezes a eleições na CPC e perde as duas [vá, empatou uma], e depois ainda vêm para aqui dizer que ele será o melhor candidato? Por favor, tenham juízo ... Artur Melo teve 4 anos para criar consenso político entre os militantes, não o conseguiu.

    Estou certo que Lino Tavares Dias será a melhor opção para ser o candidato pelo PS às Autárquicas. O currículo dele pode significar pouco [que não significa], mas convido-vos a ouvir o homem falar e tentar apreciar as suas linhas orientadoras do projecto que está a criar para o Marco.

    E eu assino o post:
    Marcos Queirós - JS Marco

    ResponderEliminar
  13. Bom dia. Vê-se que o Marcos não é militante do PS nem acompanha a vida do partido e fala aqui como se soubesse do que fala. Em 2009 o Artur Melo concorreu contra 3 ex presidentes... Está tudo dito. Ah e ganhou a um que é tipo LTD... Queriam impo-lo... Na Comissão Política, que eu saiba, em 3 vezes que se candidatou perdeu uma e ganhou 2. Não sei o que entende por "coleccionar derrotas" nem sei quem são os seus instrutores ou tutores politicos mas devia informar-se melhor o meu amigo. Quanto ao consenso político entre os militantes, estes foram ouvidos onde exactamente sobre os candidatos? Em que mundo da sua fantasia é que LTD ganhou alguma eleição ou mostrou interesse pela opinião dos militantes... Tenha juizo, cresça e apareça.
    Jaime Teixeira

    ResponderEliminar
  14. Afinal foi 3 vezes que o Artur Melo ganhou... É o que dá também andar aqui há pouco... Afinal, oh Marcos o homem ganhou incontáveis vezes, enganou-se no substantivo, em vez de "perdeu" devia dizer "ganhou", mas isso não interessa nada, interessa é algo que os senhores ainda não perceberam, é que para o povo do Marco ele seja o melhor candidato... Em Outubro vemos.

    Jaime Teixeira

    ResponderEliminar